Central atropela o Náutico e assume a liderança do estadual

Patativa "deu um pau no Rato" e assume a liderança do estadual

Foto: Leo Lemos/ Clube Náutico Capibaribe
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Jogando no estádio Lacerdão, a Patativa “deu um pau no Rato”, como diz o Frevo Patativa, um dos hinos do clube caruarense. O Central venceu o Náutico por 3 a 0, com gols de Graxa, Douglas Carioca e Luizão. Com o resultado deste domingo (21), a Patativa foi a quatro pontos e assumiu a liderança do estadual pelos critérios de desempate, enquanto o Timbu permanece com três pontos e fecha a segunda rodada na quarta posição.

O Alvinegro caruarense mostrou suas garras, jogando em casa, a equipe de Mauro Fernandes não tomou conhecimento do Náutico, com um gol logo cedo, onde Júnior Lemos roubou a bola no meio de campo, fez o arremate de fora da área e Jeferson fez a defesa. No rebote, Douglas Carioca parou no goleiro do Timbu, entretanto ele conseguiu pegar a sobra para empurrar a bola para o fundo do gol.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com o Central tentando chegar no ataque algumas vezes, mas parando em faltas ou impedimentos. A primeira grande chance de gol do Náutico veio aos 30 minutos. Após cobrança de escanteio, Tharcysio cabeceou e forçou Murilo fazer a defesa.

Na volta para a segunda etapa, o Patativa ampliou o placar. Aos quatro, Júnior Lemos fez o arremate de fora da área e parou em Jeferson. No entanto a bola sobrou nos pés de Graxa, que só tocou para o fundo do gol.

Os mandantes voltaram a assustar aos cinco minutos. Júnior Lemos quase fez um gol olímpico. Apesar de não ter feito o terceiro, o Central continuou dominando as ações na partida.

O último gol do confronto veio aos 35 minutos. Leandro Costa fez uma boa jogada individual, passou pela defesa e ajeitou para o atacante Luizão, que desviou a bola para o gol defendido por Jeferson. Patativa 3 a 0 sobre o Timbu.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo pelo estadual no meio semana. O Central viaja até Recife, onde na quinta-feira (25), às 20h encara o Santa Cruz. Por sua vez, o Náutico atua um dia antes, e tem parada dura pela frente: o clássico contra o Sport, a bola rola a partir das 21h30, na Arena Pernambuco.

Comentários

PUBLICIDADE