Justiça determina que secretários de Caruaru devolvam valor do aumento de salário

Decisão também determina que a prefeitura realize pagamento do mês de junho aos secretários dentro do valor estabelecido, R$ 9 mil.

A Prefeitura de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi condenada nesta terça-feira (6) pelo juiz titular da 2ª Vara da Fazenda Pública da cidade, José Adelmo da Costa. A decisão é referente ao pagamento dos salários dos secretários municipais no valor de R$ 12 mil, descumprindo a decisão da Justiça, que suspendeu o aumento e manteve o valor em R$ 9 mil.

A decisão também determina que a prefeitura de Caruaru realize o pagamento do mês de junho aos secretários dentro do valor estabelecido, R$ 9 mil. Também ficou determinado que seja feito o desconto do valor pago a mais, referente aos meses de abril e maio. Dessa forma, em junho e julho, os secretários devem receber o salário de R$ 6 mil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Procurada pelo G1, a gestão municipal disse que um projeto de Lei sobre o assunto foi enviado à Câmara de Vereadores e não iria comentar o assunto. A assessoria de imprensa da Casa informou que por enquanto a Câmara ainda não recebeu nenhum projeto e só quem pode responder sobre o tema ainda é a Prefeitura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Justiça suspendeu o reajuste de 30% no dia 6 de abril, após decisão do juiz José Adelmo, baseada numa ação popular movida pelo advogado André Tadeu da Mota Florêncio. O aumento foi aprovado pela Câmara de Vereadores em dezembro de 2016.

Comentários

PUBLICIDADE